Ferrari Portofino é o novo (e belo) GT conversível de Maranello


A Ferrari revelou a estonteante Portofino, novo GT conversível que ficará no lugar da quase odiada California T. Equipado com o motor V8 biturbo de 600 cv e 77,5 kgfm da 488 GTB, o novo esportivo será mostrado ao público no Salão de Frankfurt (Alemanha), em setembro.

Os italianos dizem que a nova Portofino – uma orgulhosa referência a “uma das cidades mais belas da Itália” – é significantemente mais leve que a California T, ainda que o chassi redesenhado seja mais rígido e robusto. Ah, e também é rápido: 0 a 100 km/h leva apenas 3,5 segundos, pouco menos do que a California T, que usava uma versão de 560 cv desse motor. Velocidade máxima? A Ferrari fala em mais de 320 km/h..


Espere também respostas melhores ao dirigir do que de sua antecessora. A Ferrari conta, pela primeira vez em um GT conversível, com a terceira geração do diferencial traseiro eletrônico, que dará mais aderência e controle à Portofino quando estiver andando no limite. A direção com assistência elétrica deve melhorar as respostas do grande cupê.



Os amortecedores magnéticos do modelo antigo foram atualizados com tecnologia de mola dupla, reduzindo o rolamento da carroceria e melhorando o conforto ao rodar, particularmente em superfícies mais acidentadas. Enquanto isso, o motor é ainda mais potente, mais responsivo e, pode acreditar, mais econômico: ele faz 9,5 km/l no consumo combinado, o mesmo que o novo BMW M5.

Porém, o que mais chama a atenção é seu estilo, criado pelo Centro de Design da Ferrari, em Maranello. A empresa admite que o design de fastback de dois volumes é “inédito” para um cupê conversível, o que deixa as linhas da California T mais firmes e muito melhores. Ficou menos suave e mais parecida com o que uma Ferrari deveria parecer.


A Ferrari ganhou faróis "Full-LED", entradas de ar que terminam com muito estilo nas asas dianteiras e um simples, porém clássico, par de lanternas circulares na traseira, posicionadas bem distantes uma da outra para dar a impressão de ser mais estável.

O sistema multimídia da Ferrari tem tela de 10,2” sensível ao toque. O modelo conta com volante e bancos inéditos e um sistema de ar-condicionado totalmente atualizado para ser mais eficiente, tanto com a capota aberta quanto fechada. Um novo defletor de ar reduz o barulho do vento dentro da cabine em quase um terço.


Notícias e Dicas Automotivas, Você Encontra Aqui, no Blog da Zone Car!
Blog - Zone Car Auto Parts - Auto Peças Online. Tecnologia do Blogger.